PLPinto.M.Dinheiro

Como Obter Links para Subir no Google com Guest Posts

Em este artigo vai aprender como criar um bom artigo de convidado, guest post, para conseguir links para o seu site ou blog de modo a subir nos rankings do Google. Vai também aprender como encontrar os melhores blogs para postar os seus artigos e como entrar em contato com os proprietários para conseguir os seus objetivos.

go

Escrever um artigo de convidado, que vulgarmente se chama de guest post é uma excelente maneira de divulgar os seus conhecimentos e a sua marca, escrevendo artigos relacionados com os temas que escreve nos seus websites ou blogs em sítios de outras pessoas em troca de um link para um dos seus artigos.

É uma maneira simples e eficiente de conseguir um link para subir no ranking do Google e poder atingir a primeira página do Google para algumas das suas keywords mais importantes. É bom para a pessoa que o publica, se ele for de boa qualidade, e é bom para subir o valor do seu blog ou site, pois cada link é um voto de confiança que recebe.

À muito tempo que se fala que fazer guest bloging está morto do ponto de vista de SEO, mas nada podia estar mais longe da realidade. Continua a ser um dos meios mais populares e teoricamente fáceis de criar links para subir no Google.

Nós próprios já publicamos centenas de guest posts com excelentes resultados, tanto para nós próprios como para nossos clientes (e pode ver ao fundo deste artigo como pode ser um deles e beneficiar deste método de link building usando os nossos serviços).

Como em tudo na vida há muitos mitos sobre a criação de artigos de convidado, mas neste artigo vai aprender como pode utilizar este método para criar reputação, autoridade e exposição com a criação destes artigos.

A má fama dos guest posts

À alguns anos atrás, quando esta forma de criar links para melhorar as posições nos motores de busca começou, ficou tão popular que depressa virou uma maneira de fazer spam de links que não trazia vantagens nenhumas, pois a qualidade era tão pobre que levou o Google a penalizar muitos dos blogs que recebiam este tipo de conteúdo.

Na maioria das vezes eram feitos em troca de dinheiro utilizando softwares que reescreviam um artigo em diversas versões idênticas, criando assim conteúdo duplicado, que depois distribuíam por quintas de blogs cujo propósito era apenas este.

Artigos normalmente escritos em Inglês, de baixíssima qualidade, spinados para se obterem diversos links com a escrita de um único artigo, e distribuídos automaticamente por blogs de fraca ou nenhuma qualidade. Era de esperar que este tipo de tática, que funcionou durante algum tempo visse a ser descoberta e penalizada pelo Google.

Mesmo aqueles que tentavam fazer um trabalho de melhor qualidade escreviam e-mails a oferecer os seus artigos a centenas de websites e blogs que nada tinham a ver com o seu conteúdo na ânsia de conseguir um link fácil.

Mas esta não é a maneira de fazer guest posting e de escrever artigos de convidados que nos tragam benefícios.

Como criar guest posts de qualidade

Pesquisar por assuntos relacionados

A primeira coisa a fazer começa com uma pesquisa, que pode ser no Google, por blog e sites que estejam relacionados com os mesmos temas dos nossos próprios artigos.

Por exemplo, se nós escrevemos artigos sobre problemas sexuais masculinos vamos procurar sítios que tenham artigos sobre este tipo de doenças, que falem de suplementos ou remédios caseiros para o seu tratamento, ou sites de clinicas. Não precisam ser exatamente sobre o mesmo tema, mas devem estar relacionados com o nicho da saúde, normalmente dos tratamentos naturais.

Se escrevemos sobre como ensinar um cão a obedecer aos comandos do seu dono e respeitar as suas ordens, vamos procurar por blog ou websites que falem sobre animais. Não tem que ser necessariamente sobre cães, embora estes sejam os melhores, mas sobre como cuidar de animais no geral. Sítios que falem sobre como tomar conta de animais, websites de lojas de animais, etc.

Entrar em contato com os donos dos sítios que tenham interesse

Como Obter Links para Subir no GoogleO segundo passo é enviar um e-mail curto, mas explicito, explicando aos donos dos sítios que encontramos que sejam do nosso interesse que temos um sitio onde escrevemos artigos idênticos aos seus e que teríamos todo o gosto em escrever um artigo de propósito para o seu blog ou site desde que pudéssemos incluir um link no seu conteúdo para um artigo nosso.

O e-mail deve ser personalizado, ou seja, desde que possível dever ter o nome da pessoa e do sítio para onde queremos escrever e deve abordar o tema sobre o qual iriamos escrever, pedindo ao dono que nos dê uma resposta breve, seja ela positiva ou negativa, para podermos começar a escrever ou então para seguirmos o nosso trabalho com outros que estejam interessados.

De notar que embora sejamos educados e peçamos uma resposta a maioria das pessoas nem sequer vai se dar ao trabalho de nos responder, por isso não contes com muitas respostas. A maioria dos que responderem provavelmente vão dizer que não ou vão pedir um valor em troca, por vezes valores bastante exagerados, o que inviabiliza o trabalho.

Esta é a parte mais estressante. Embora a pesquisa por blogs e sites de conteúdo idêntico já não seja fácil, a menos que o tema que abordamos seja muito popular, a parte de enviar os e-mails com a proposta e ficar à espera de uma resposta, que na maioria das vezes nunca chega, cria muita ansiedade.

Se obtivermos resposta afirmativa ou chegarmos a um acordo vem a parte de escrever o artigo.

Como escrever um guest post de qualidade

O artigo deve ser escrito a pensar no site onde vai ser publicado, não um artigo publicitário aos nossos artigos ou produtos, pois caso contrário será provavelmente rejeitado. Deve ser escrito sobre um tema idêntico ao nosso, para onde vamos criar o link, mas não necessariamente igual. No entanto tem que encaixar bem nos temas que o sitio de destino tem, tanto em relação ao assunto, como ao estilo da escrita e à formatação.

Como escrever um guest post de qualidade No meio do artigo terá um parágrafo ou dois que fala do mesmo do nosso artigo e onde leva o link que tanto pode ser com a keyword que queremos classificar para aparecer nas pesquisas do Google, como pode com um termo mais genérico, como “nesta página”, “em este site” etc. A ideia é diversificar pois será muito estanho todos os artigos que apontam para nós terem a palavra-chave que queremos ranquear.

Não devemos escrever um artigo cheio da palavra-chave que queremos ranquear, que fiquem desfocados dos sítios onde vão ser publicados e não devemos utilizar o mesmo artigo para publicar em mais lado nenhum, mesmo com pequenas modificações, pois será considerado como conteúdo duplicado pelo Google.

Se possível podes acrescentar outro link no artigo para uma palavra não relacionada com o teu tema, que aponte para um site de alta reputação. Como a Wikipédia, ou um dos sites que aparecem logo no topo do Google, para disfarçar o objetivo.

Este ponto é muito importante, pois o artigo tem que parecer nativo e completamente enquadrado no sítio que vai ser publicado. Algumas vezes é possível combinar um valor para ser o próprio dono a escreve-lo segundo algumas orientações nossas.

Depois do artigo publicado devemos enviar outro e-mail a agradecer e perguntar se por acaso não tem mais blogs sobre o mesmo assunto ou tem amigos que poderão estar interessados no assunto. Às vezes consegue-se obter mais uma oportunidade de escrever outro artigo de convidado muito facilmente.

Mas mantenha as expectativas baixas se optar por este tipo de link building, pois é bom, mas muito difícil e trabalhoso de se obter.

O que não deve fazer em guest bloging

Se não quiser ter todo este trabalho pode delegar, no todo ou em parte em outra pessoa, embora isso não seja o ideal.

Mandar fazer a pesquisa e os contatos normalmente não funciona muito bem, a menos que encontre um freelance que esteja muito habituado a este trabalho, o que não será barato.

Se tenciona mandar escrever o conteúdo do artigo não o faça a um escritor de baixa reputação, pois um artigo mal escrito para além de poder ser rejeitado pelo dono do sítio não dá o “sumo” adequado ao link que vai obter.

Contratar uma agência de SEO que faça este serviço também não costuma ser boa ideia, pois a maioria delas não oferecem um serviço de qualidade, ou então oferecem-no dentro de um pacote de SEO que não precisa e que só vai servir para gastar mais dinheiro.

Mas o pior é que a maioria é sediada na Índia e os sítios onde irão publicar os guest posts são em sites de conteúdo em inglês, e se são eles a escrever, o conteúdo será também provavelmente em inglês e será publicado em um blog que tem apenas por objetivo esse proposito e que provavelmente o Google já o tem sinalizado.

Isto é mau. Faz mais mal que bem. Independentemente do que lhe prometerem e lhe disserem os artigos devem ser publicados em sítios escritos em português, com artigos escritos por um português e relacionados com o tema do seu blog ou site.

Os links não são todos iguais. Um trabalho mal feito é mais prejudicial que benéfico. Por que motivo um site inglês iria criar um link a apontar para um site em português?

Conclusão

Se não quer passar por todo esse trabalho e estresse e quer um trabalho bem feito por um valor muito bom, informe-se sobre aquilo que nós oferecemos a seguir. Todos os sites e blogs são em português e todo o trabalho é feito por uma equipa 100% portuguesa.





 
Artigos Relacionados